• Marabá Diário

ISCAS QUE PRECEDEM A QUEDA


Autor: Thiago Silva -


Iscas são utilizadas para atrair a atenção de uma presa, em geral utiliza-se algo chamativo, saboroso e que atraia o alvo, logicamente devemos conhecer o animal que iremos capturar para escolher sabiamente a melhor e mais atrativa isca que será oferecida.

Engana-se quem pensa que o inimigo de nossas almas, satanás, não nos conhece e além de tudo não esquece do nosso passado pecaminoso. Ele sabe exatamente o que chama nossa atenção, o que atraia nossa carne, assim como um pescador sabe escolher o tipo e o tamanho da isca que irá usar para capturar determinada espécie de peixe o diabo também tem ciência do que chama nossa atenção. Como sabemos, travamos uma luta diária contra nossa própria carne e sem o auxílio do Espírito Santo de Deus a queda é certa. É um grande erro nos apoiar em nossas próprias forças, pois o homem sozinho não consegue resistir por muito tempo às iscas oferecidas pelo mundo.

Veja o que diz 1 Pedro 5:8

Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.

O peixe é fisgado pois não tem consciência do perigo que corre ao atacar a isca, porém nós humanos sabemos muito bem quando nossas atitudes apontam para o pecado culminando na queda. Ao longo de nossa caminhada com Cristo, precisamos aprender a identificar as iscas e armadilhas plantadas por satanás, saber que onde fomos fisgados uma vez não é mais nosso lugar, dessa forma agora livres podemos ajudar outros a não serem devorados pelo leão estrategista que está sempre a nos observar.

A distancia que estamos daquilo que nos atrai para o mal é proporcional a nossa intimidade e convívio com o pecado. De semelhante modo quanto mais próximos da palavra de Deus mais sábios e firmes estaremos em sua gloriosa presença. Saber identificar nossos limites e reconhecer que sem a ajuda do Espírito Santo não seriamos capazes de resistir as tentações é o primeiro passo para um vida de santidade, é um caminho pavimentado para ao avistar uma isca nos afastarmos imediatamente dela a fim de que o nome do Senhor seja glorificado nessa atitude de negação da nossa própria natureza carnal e pecaminosa.

Que esse texto de hoje possa nos trazer uma reflexão a cerca do que tem nos atraído para longe de Deus, quais as iscas que satanás tem usado para nos manter em cativeiro? como estamos lidando com nossas limitações carnais? A minha experiência com Cristo tem contribuído para que eu não caia mais onde de um dia eu fui resgatado? Espero que em nome de Jesus cada um de nós entenda que nosso inimigo nos conhece bem e sabe traçar estratégias que chamem nossa atenção, porém temos ao nosso lado um Deus que nos fortalece e nos inspira a negar nosso eu e abraçar sua natureza pura e santa. Que possamos criar uma grande expectativa para esse ano que se inicia crendo que as quedas do passado servirão de testemunho e fortalecimento para nossas vidas. Amém.



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CONHEÇA

Armações de diferentes modelos e preços.