• Marabá Diário

Irônica Vulnerabilidade


Preconceitos, rótulos, traumas, ego… Quais as origens das suas sequelas emocionais?


Celas, cativeiros, grades, grilhões. A que espécie de prisão você está acorrentado?

Aprisionados ao medo “papéis sociais” são assumidos, o opressor, a vítima, o herói, o revolucionário ou …

A necessidade de fazer parte, de encaixar-se, levam a tentativas fadadas ao fracasso, a estagnação.


Ausência do amor, inexistência do respeito, resquícios do medo, são reflexos da polaridade negativa do ser humano que, tentando ser o centro da existência perdeu-se diante a fragilidade da vida que tem começo, meio e fim.

Autora: Bruna Araújo


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

QUINTANA

CONHEÇA

Armações de diferentes modelos e preços.