• Marabá Diário

Boi Bumbá


Autor: Adão Almeida -

Cadê meu boi Flor do Campo?

Por onde ele está?

Hoje é noite de São João

E meu boi não veio brincar.


Meu dono estou aqui! 

Ouço o bombo e a cantoria; 

Boi Flor do Campo escondeu-se,

Fugindo da pandemia.


Convoco a população 

Da querida Marabá,

Meu boi Treme Terra sumiu,

Vamos ver onde ele está?


Meu dono estou aqui!

Pois brincar não vale a pena!

É melhor conscientizar  o povo,

 A ficar de quarentena.


Vaqueiro e Pachico,

Saem logo a procurar,

Meu boi Estrela Dalva,

Que também não pude achar.


Patrão fique tranquilo! 

Seu boi já está na mão;

Encontrei ele rezando

Em prol de toda nação,

Repreendendo o maldito vírus,

Que tem causado aflição. 


Mês de festa junina

É o mês mais animado.

Tem forró,

Tem boi bumbá,

Tem alegria por todos os lados.

Aos santos pedimos perdão 

Pois eles não são culpados.


Deixamos a mensagem,

E otimismo e de amor. Deus permitindo ano que vem,

essa angústia já passou!



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CONHEÇA

Armações de diferentes modelos e preços.