• Marabá Diário

Anti-Herói

Autora: Bruna A. M. Rodrigues.

Eu quis um herói e deparei-me com um ser humano. Fui exigente e cobrei algo que não fui capaz de dar.


Por muitas vezes esqueci que na vida as personagens são múltiplas, num momento filho, marido, amigo outro pai.


Perdida no mundo repleto de fantasia eu insisti em QUERER o herói. Por isso, julguei e o condenei sem dó, afinal, era o preço a pagar por me frustrar.


Disposta a dar ênfase as suas falhas fui incapaz de apreciar o café da manhã sempre pronto ou o seu olhar.


É provável que fôssemos tão parecidos ao ponto da física explicar porque nos repelíamos ainda que isso doesse. Talvez se alterássemos algo poderia ter sido diferente, mas aí não seria eu e você, não é mesmo? De um jeito estranho fomos um para outro o que precisávamos ser.


Quem sabe em outra existência com mais sabedoria tenhamos a chance de reescrever nossa história. Por enquanto, agradeço a oportunidade de atuarmos juntos nessa trajetória.


Alguns lhe disseram adeus, eu preferi dizer até logo, porque carrego em mim a certeza do reencontro. E ansiosa aguardo o momento propício de saber a quem daremos vida e em que palco o espetáculo vamos encenar.



4 visualizações

CONHEÇA

Armações de diferentes modelos e preços.

Siga nosso Instagram

  • Instagram

Contato: (094) 991560210

" A vida é uma das maiores  escolas em que um individuo pode estudar. Pois, estudamos de forma integral, com aulas teóricas e práticas constantes, com professores rigorosos, e seu termino será somente quando acabar nosso ultimo fôlego de vida, enquanto tivermos  fôlego , somos estudantes ."

Adriana Araújo

Todos os direitos reservados - 2013-2020